quinta-feira, 20 de abril de 2017

DEPOIS DE PROPORCIONAR O DESEQUILIBRIO ECOLOGICO AGRICULTOR PASSA A SE PREOCUPAR COM INFESTAÇÃO DE LAGARTAS NA REGIÃO.

Lagartas começarem aparecer nas propriedades e as pessoas começa passar com
bombas acopladas em trator pra colocar inseticida (veneno) nas pastagens e matar lagartas isso sem nenhum controle, colocam sem nenhum acompanhamento técnico, não tem um agrônomo pra formular a dosagem desse veneno, nem mesmo uma assinatura do responsável técnico, eles não conhecem nem mesmo o principio ativo desse veneno e os efeitos danosos causados, isso cabe denuncia, cabe cadeia e indenização, um absurdo (porque essa carne produzida vão servir de alimento direto pra pessoas. Consumir produtos tratados com agrotóxicos!! Depois não se sabe por que está aumentando tanto o índice de câncer no país!  Temos varias forma de controle e capaz de reduzir metade ou toda aplicação de veneno – Soluções simples e saudáveis podem ser adotadas. Pode ser feita a abertura de valas que dificultem a passagem desses insetos para outras áreas, ou armadilhas luminosas para atrair e eliminar as mariposas, o que dá ao produtor a chance de monitorar a população de insetos adultos. Quanto mais rápido os sinais de ataque e o tipo de insetos forem identificados, maior a eficácia dos métodos de controle. O problema é mudar as cabeças vazias dessas pessoas que parecem que esquece que esses venenos usado ataca tudo inclusive nós mesmos!  O veneno usado para matar lagartas vai matar os predadores naturais, as abelhas, com isso a produção de frutas é afetada, as verduras, compromete as gramas também a ração para os animais. Segundo essas pessoas, usam esses venenos que é uma forma de evitar a devastação de área de pastagem e lavouras.       
     A lagarta pessoal são mariposas e borboletas que estão em fase de desenvolvimento.
Muitas das vezes as pessoas só percebem em forma de larvas Elas consomem muitas folhas por dia e só param quando atingem a fase de pupa, quando ficam no casulo. Os desmatamentos, queimadas e a monocultura agrícola deixam as culturas mais vulneráveis ao ataque desses insetos que são capazes de acabar com a planta forrageira e uma pastagem principalmente aquelas em formação. Todos nós temos o potencial de ser uma pessoa observadora, mas, muitas das vezes nós não temos essa sensibilidade e habilidade de conhecer melhor essas coisas,  somos nós mesmo que  temos  de  dar  o  primeiro  passo  para que  isso  aconteça, com essa observação podemos conhecer o comportamento desses animais o ciclo de vida hábitos alimentares. Desse jeito podemos entender que esses animais não são ameaças nem problemas, mas, uma forma de continuidade de vida de uma espécie para manter o ciclo de outras espécies em um sistema.
Na natureza as lagartas não têm escolha, elas têm uma vida curta geralmente duram em média 28 dias em forma de lagarta. Todas elas constroem o seu casulo e durante a sua metamorfose  algumas  morrem  e  outras  viram borboletas pra da continuidade ao seu ciclo e da  manutenção a outras espécies. E nenhuma delas  fica lagarta por muito tempo. Ai é aonde aparece os primeiros sinais o mais visível é a reprodução dos pássaros.

sábado, 25 de março de 2017

FITOTERAPIA UMA FORMA EFICIENTE DE PREVINIR E ATE MESMO DE TRATAR DOENÇAS SEM USO DA MEDICINA QUIMICA.



FITOTERAPIA UMA FORMA EFICIENTE DE PREVENIR DOENÇAS E ATE MESMO TRATA-LA SEM O USO DA MEDICINA QUÍMICA.

            Pessoal. Os rins é um dos órgãos chave para o metabolismo do nosso corpo. Infelizmente, eles sofrem muito, com a alimentação dos dias atuais, cheia de sal (ou seja, cloreto de sódio), açúcar e alimentos industrializados. Então vamos falar da Salsa. O chá da salsa impede a absorção de sal no tecido e, por isso, é um grande protetor dos rins e do fígado, deixando  praticamente limpos. 
 Ao longo da história, esta planta tem sido utilizada para facilitar e manter um ciclo menstrual regular. 
Alguns fito-terapeutas, recomendam a salsa como um remédio para o retorno do útero à sua posição original depois do parto.  Ela é utilizada no tratamento de todos os problemas associados aos rins. Este chá deve ser bebido em caso de uma infecção da bexiga e de pedras nos rins.
Ele é utilizado também na prevenção e tratamento de câncer do cólon em homens e mulheres, bem como de tumor cervical em mulheres. Salsa é rica em ácido fólico, que é essencial para a saúde cardiovascular. É também muito rica em vitaminas A, C, E e minerais, e seu uso regular ajuda a reduzir o mau colesterol
Se você sofre de pressão alta, você também deve usar este chá milagroso para a redução da sua hipertensão. 
     Chá da Salsa também pode ser utilizado para acalmar os intestinos, melhorar a digestão e eliminar gases. 
A Salsa é rica em ferro, portanto, seu uso é recomendado em casos de anemia. 
Outra virtude desta planta é o combate ao mau hálito.
Bom pessoal então podemos da fim de vez a infecções urinária e problemas no útero, ovário e rins a receita que vamos passar é especialmente indicada para desintoxicar os rins.
Como fazer o chá da salsa
Ferva um litro de água. 
No fim da fervura, adicione duas colheres (sopa) de salsa fresca ou seca.  
Feche a panela e espere 10 minutos.  
Depois, adicione algumas gotas de limão.
Em caso de infecção urinária, pedras nos rins e se for problemas no útero e ovários, você deve beber três vezes por dia.  
          Atenção, o chá da salsa causa aumento da micção, ou seja, é a emissão natural de urina para o esvaziamento da bexiga, por tanto não é recomendado toma a noite antes de dormir, já que pode prejudicar o sono. 
As mulheres grávidas não devem beber este chá devido a possíveis alterações hormonais. O chá de salsa também pode ser usado para acalmar os nervos e reduzir a ansiedade.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

CONHECER MELHOR NOSSO ORGANISMO É A MELHOR FORMA DE SE PREVENIR AS DOENÇAS



Desde 1923 Otto foi um dos maiores nomes da medicina no século 20, um médico alemão renomado e ele prova de forma consistente que a causa do câncer é a deficiência de oxigênio e que as células cancerosas se alimentam de açúcar.  E ele disse ainda: "Para o câncer, há apenas uma causa nobre. Resumida em poucas palavras, a principal causa do câncer é a substituição da respiração de oxigênio nas células normais do corpo por uma fermentação do açúcar". 
      A deficiência de oxigênio leva o corpo humano a um estado de acidez. Infelizmente, a dieta do homem moderno consiste principalmente de alimentos tóxicos e formadores de ácido, como carnes e açúcares processados, grãos refinados e organismos geneticamente modificados.   Isso leva a um pH ácido, ou seja, a um sangue intoxicado.  A acidez do pH pode interromper as funções e atividades celulares. 
Se ficar excessivamente ácido, o pH pode levar a queda da imunidade e a muitos problemas graves de saúde, como câncer, doenças cardiovasculares, diabetes e osteoporose, para ser saudável e imune a doenças nosso corpo precisa equilibrar o pH do sangue em um nível ligeiramente alcalino de 7,3, a melhor forma de alcalinizar o corpo é, em resumo, pela alimentação saudável. 
 As folhas ricas em clorofila, o limão, o pepino, a cebola e o alho (todos crus) são poderosos alcalinizastes.  
Se você quiser dar um impulso na alcalinização, aí vai duas ótimas receitas:   
1ª RECEITA:
INGREDIENTES  
1/3 colher (chá) de bicarbonato de sódio (use o vendido em farmácias)   
2 colheres (sopa) de suco de limão espremido na hora 
Como preparar: coloque o suco de limão no copo e vá adicionando o bicarbonato de sódio aos poucos. 
A combinação de ácido/base começará imediatamente e fará um "fizz", aquela reação típica de efervescentes. 
Continue adicionando bicarbonato de sódio até que o fizz pare.  
Em seguida, encha o copo com 200mL de água. 
Atenção, Hipertensos, por causa do bicarbonato, não devem consumir esta bebida alcalina para eles, o melhor é a receita seguinte.  
2ª RECEITA:
INGREDIENTES:
2 litros de água 
1 limão 
Como preparar: ponha 2 litros de água numa jarra. 
Corte 1 limão em 8 partes, sem espremer e sem tirar a casca. 
 Deixe descansar durante 8 horas. 
Depois, basta consumir a água alcalina ao longo do dia. 

Em outro momento neste programa vamos esta falando sobre o AVC aquela doença que as pessoas chamam de derrame pode causar morte ou deixar graves sequelas! Vamos apresentar pra você como salvar uma pessoa do AVC apenas utilizando uma agulha!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

SECA ASSUSTA AGRICULTORES NO SEMIARIDO PRICIPALMENTE NO NORDESTE DA BAHIA



UM DOS MAIORES DESAFIOS ENFRENTADOS PELOS AGRICULTORES HOJE É SEM DUVIDA A DEFICIÊNCIA DE OFERTA DE ALIMENTOS PARA OS ANIMAIS
É lamentável, mas nossos agricultores vivenciam uma dura realidade a seca, uma seca prolongada, uma longa estiagem dominando nosso município é triste a situação mais é necessário esta falando não temos outra opção tive conversando com alguns amigos e a
 
coisa não é muito boa não alguns além de os alimentos acabando de quebra a agua, inclusive hoje já convidado a limpar uma cacimba em busca agua subterrânea. Estamos falando da situação que estamos vivendo. O gado tenta sobreviver como pode, as vezes, comendo tudo o que encontra pela frente, restos de matos seco encontrados nas propriedade esses muitas das vezes tem valor muito baixo de nutrientes não atendendo as necessidades alimentar.
          Um dos maiores problemas enfrentados pelos agricultores hoje é sem duvida a deficiência de oferta de alimentos para os animais no período dessa longa estiagem que já dura mais um ano, é que, essa espera pela chuva as vezes é muito desgastante o que se observa que esse fenômeno ocorrem num ciclo muito repetitivo.
          Esse período de escassez representa fator limitante na produtividade da criação dos animais, pois esses animais, além de não terem condições de continuar seu desenvolvimento, ainda perdem peso, em função da ocorrência de pastos de qualidade inferior, fibrosos, de baixo valor nutritivo e pouca digestibilidade.
Além da perda de peso, todo o rebanho fica susceptível a doenças infecciosas e parasitárias. Essa dura realidade vem se repetindo ao longo dos anos e com isso a produção de leite é prejudicada, podendo até acabarem por completo, os bezerros nascem muito leves e fracos, o que prejudica seu posterior desenvolvimento, a mortalidade aumenta e o rebanho torna-se subnutrido, ou seja, um consumo insuficiente de nutrientes essenciais para a saúde.
Os animais precisam no mínimo de 6% de proteína bruta na alimentação diária para manter-se saudável. Na época da chuva, o pasto nativo oferece de 6% a 8% de proteína, enquanto na época seca cai para menos de 3,5%. Isso faz com que, na seca, os animais percam peso e as vacas diminuam a produção de leite justamente no período em que mais dão cria e os bezerros precisam de alimentação. Em consequência disso devido à carência alimentar, os animais vão demorar mais tempo para formação de carcaça e as fêmeas vão demorar a voltar parir, ou seja, procriar. 
          Um dos grandes desafios para o agricultor é que, no período seco, há uma queda na oferta de proteína para a alimentação desses animais. Embora o peso do animal possa ser recuperado com a melhor alimentação no período da chuva, esta situação retarda e dificulta o desenvolvimento do rebanho. É o que chamamos de efeito “sanfona”, em que os animais engorda quando há chuva e emagrece na seca. Este problema, geralmente, é enfrentado com uma suplementação alimentar muitas das vezes com um custo de produção elevado ficando insuficiente para o produtor.
          Hoje a palma forrageira e o mandacaru, é quem vem ocupando o espaço das pastagens na alimentação desses animais, mais, as vezes nunca chega a uma suficiência e que quando chega a esse período quase que nenhum agricultor tem um estoque de volumoso disponível na propriedade para balancear a dieta desses famintos muitos serve a palma natura com uma proporção de 85 a 90% de agua assim não atendendo a necessidade alimentar de todo o rebanho nesse caso o ideal seria o fornecimento da palma semi-desidratada, com aproximadamente 25% de matéria seca com apenas 65% de agua, é uma alternativa de alimento os animais, podendo ser utilizada como o único volumoso da dieta. Quando associada à suplementação proteica, ou seja, de um concentrado, nesse caso se for para leite 22% de PB mais se for pra corte não precisa mais que 18% isso no concentrado que o animal precisa apenas de um por cento diário, quando feito dessa forma gera uma produção em torno de 7 kg de leite/vaca/dia e ainda aumento no peso de 236 gramas/animal/dia em caso vacas em lactação e os novilhos uma media de 695 g/dia.  Já o ovino tem um ganho de peso médio de 68 gramas/dia. Palma semi-desidratada é uma técnica muito simples de semi-desidratação a palma ela é exposta ao sol, por dois dias da planta cortada, logo após a colheita colocar em ambiente de chão cimentado. Após este procedimento a planta pode ser fornecida ao animal.